Postagem em destaque

Jornal da Cidade (Online) é homenageado pelo Exército em Valença

Reportagem: Jorge Alexandre //// Fotos: Adir de Souza e Elisabete Cruz de Souza. Na noite da quarta-feira, dia 21 de novembro (2018), o...

SONHO E REALIDADE: Vagões Fabricados em Valença Começam a Chegar de Minas Gerais

Texto: Jorge Alexandre - Fotos e Video: Victor S. Gomez

O sonho nutrido por muitos moradores de Valença e de familiares de ex-Ferroviários em ver os trens viajando sobre os trilhos nesta área, não se concretizará, devido a uma série de motivos que levaram o Governo Federal à extinção do Ramal Ferroviário e das Oficinas. Mas, um símbolo da Ferrovia em Valença foi resgatado através da "União Valenciana para a Preservação Ferroviária (UVAFER)" que conseguiu trazer de volta alguns Vagões de Trem fabricados nas extintas Oficinas da Rede Ferroviária Federal Central do Brasil (RFFSA) a partir da década de 1950 até 1973 (quando foi definitivamente extinto o Ramal desativada a Estação Ferroviária, transformada em 1974, na Rodoviária Princesa da Serra).




Esses Vagões, que até a segunda-feira (22/01/2018) se encontravam desativados em cidades de Minas Gerais, como exemplo, Ewbank da Câmara e Santos Dumont, sob a responsabilidade de outra empresa de ferrovias, a MRS, estão chegando em Valença  manhã e tarde desta terça-feira, dia 23 de janeiro (2018). De manhã, Guindastes instalados sobre Carretas que pernoitaram nas proximidades, foram operados por funcionários especializados e colocaram sobre os trilhos já instalados há alguns dias, os 'TRUQUES' compostos por Rodeiros -, que são as rodas, para receber os Vagões que estão sendo trazidos sobre Caminhões - com pranchas -, para serem içados (levantados) e instalados sobre os referidos 'Truques'.



Presentes no evento Sebastião Vieira - Presidente da ACIVA, Professor Miguel Augusto Pellegrini - Presidente da UVAFER, Eduardo Carvalho - Diretor da ACIVA e Marcelo de Santa Isabel - Vereador do Município de Valença


O Presidente da UVAFER, Professor Miguel Augusto Pellegrini, concedeu entrevista ao JORNAL DA CIDADE e falou dos vagões que terão entre outras funções, "incentivar e impulsionar a Cultura e o Turismo", com Biblioteca (com livros, revistas, vídeos e outros registros, como a História da Ferrovia no Município) e Acervo de Fotos de Fazendas que contam a história de Valença e da região do Vale do Café, entre outras manifestações que possam despertar a atenção da população valenciana, principalmente de estudantes e de turistas.






Inicialmente, no desenvolvimento desse Projeto, que dará maior ênfase à necessidade da preservação e valorização do "MUSEU FERROVIÁRIO DE VALENÇA", criado em 2001, que teve como grande responsável pela sua preservação e divulgação o ex-ferroviário Sebastião Victor, os membros da UVAFER buscaram apoio junto ao Exército Brasileiro e às Prefeituras em Minas Gerais com o objetivo de ser conseguido transporte para os Vagões, necessitando da utilização de pranchas existente no Exército.




BUSCA DE APOIOS E RECURSOS FINANCEIROS - Várias outras frentes de parcerias também foram buscadas pela diretoria da UVAFER em Valença, como o 1o. Esquadrão de Cavalaria Leve - Aeromóvel - Esquadrão Tenente Amaro, para fazer contatos com as unidades militares em Minas Gerais, a Prefeitura Municipal de Valença, Associação Comercial e Industrial de Valença (ACIVA), Fundação Educacional Dom André Arcoverde (FAA), empresas privadas e participação da população valenciana através do sorteio de uma Motocicleta para ajudar nos elevados custos de transporte dos Vagões.





Vereador do Município de Valença, Marcelo de Santa Isabel, presente no momento da colocação dos 'Truques' sobre os trilhos, foi entrevistado pelo JORNAL DA CIDADE e parabenizou a "UVAFER, através de sua diretoria, colaboradores e parceiros pela iniciativa do projeto de resgate da Memória Ferroviária em Valença". O Arquiteto Aníbal Affonso Magalhães da Silva, presente no momento da instalação dos equipamentos, informou ao JORNAL DA CIDADE que participou "de um Edital aberto pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, denominado Projeto Estações Ferroviárias" e venceu o mesmo, "passando a realizar um trabalho de resgate da Memória Ferroviária de Valença e da região".




O público presente na área acompanhou de perto a movimentação dos funcionários da empresa especializada na instalação dos Vagões. Ex-ferroviários e familiares disseram-se "emocionados em presenciar parte de um sonho se tornar realidade, que é a volta dos Vagões fabricados aqui em Valença".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui

Arquivo do Blog