Anuncie Aqui

Anuncie Aqui

Ferrovia: Vagões Fabricados em Valença Voltarão

Texto: Jorge Alexandre
Fotos: Victor S. Gomez

A "União Valenciana para a Preservação Ferroviária (UVAFER)" está trabalhando há mais de dois anos com o objetivo de trazer de volta a Valença cerca de quatro Vagões de Trem fabricados nas extintas Oficinas da Rede Ferroviária Federal Central do Brasil (RFFSA) a partir da década de 1950 até 1973 (quando foi definitivamente extinto o Ramal, e desativada a Estação Ferroviária, transformada em 1974, na Rodoviária Princesa da Serra) em Valença. Esses Vagões atualmente se encontram desativados em cidades de Minas Gerais, como exemplo, Santos Dumont, sob a responsabilidade de outra empresa de ferrovias, a MRS. Segundo informação do Presidente da UVAFER, Professor Miguel Augusto Pellegrini, os vagões terão entre outras funções, "incentivar e impulsionar a Cultura e o Turismo", com Biblioteca (com livros, revistas, vídeos e outros registros, como a História da Ferrovia no Município) e Acervo de Fotos de Fazendas que contam a história de Valença e da região do Vale do Café, entre outras manifestações que possam despertar a atenção da população valenciana, principalmente de estudantes e de turistas.


Inicialmente, no desenvolvimento desse Projeto, que dará maior ênfase à necessidade da preservação e valorização do "MUSEU FERROVIÁRIO DE VALENÇA", criado em 2001, que teve como grande responsável pela sua preservação e divulgação o ex-ferroviário Sebastião Victor, os membros da UVAFER buscaram apoio junto ao Exército Brasileiro e às Prefeituras em Minas Gerais com o objetivo de ser conseguido transporte para os Vagões, necessitando da utilização de pranchas existente no Exército. Várias outras frentes de parcerias também foram buscadas pela diretoria da UVAFER em Valença, como o 1o. Esquadrão de Cavalaria Leve - Aeromóvel - Esquadrão Tenente Amaro, para fazer contatos com as unidades militares em Minas Gerais, a Prefeitura Municipal de Valença, Associação Comercial e Industrial de Valença (ACIVA), Fundação Educacional Dom André Arcoverde (FAA), empresas privadas e participação da população valenciana através do sorteio de uma Motocicleta para ajudar nos elevados custos de transporte dos Vagões. TRILHOS - A base de sustentação dos Vagões, que são os Trilhos (popularmente conhecidos como Linhas) já foram instalados recentemente pela empresa responsável na Praça próxima à Rodoviária Princesa da Serra e ao Mercado Municipal, espaço onde ficarão os Vagões, em local que tem visibilidade de vários ângulos, às margens da Avenida Geraldo de Lima Bastos (Avenida do Contorno), que dá acesso ao centro da cidade e a vários bairros. Aguarda-se agora, a informação da UVAFER sobre a data em que os Vagões chegarão.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Médiuns Rogério H. Leite e Marli Mansini participam de evento "Cartas Consoladoras" em Valença

Texto, Fotos e Vídeos: Jorge Alexandre Edição de Vídeos: Victor S. Gomez Pelo segundo ano foi realizado pela "Associação de Mães...